quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Um pouco sobre minha luta contra a endometriose...

No final de abril desse ano senti uma dor muito forte na região do abdomem, depois de 6 horas no PS descobriram que eu tinha um cisto hemorrágico no ovário direito que media 5cm e eu estava apresentado uma infecção no sangue que poderia se espalhar para os outros orgãos, fui encaminhada pra cirurgia onde a médica viu que além do cisto eu tinha aderências no intestino, ovário e utero. Fiquei internada por 8 dias com medicação forte pra conter a infecção. Sai do hospital bem, sem nenhum sintoma, nenhuma dor. Em julho voltei a sentir fortes dores na região lombar, mas achei que fosse dor na coluna, passei no ortopedista em agosto mas o diagnóstico dele não justificava a dor que eu sentia. Depois de alguns dias a dor se localizou no baixo ventre, começou como uma cólica mas depois ela se intensificou ao ponto de ser insurportavel, os analgésicos não faziam mais efeito. Fui pro PS no dia 08/09 e depois de um ultrassom detectaram um cisto no msm ovário mas agora com quase 7cm, me desesperei e comecei a chorar. Diagnóstico do médico: endometriose severa, tratamento: cirurgico, fiquei sem chão, chorei de desespero e medo por ter que passar por tudo de novo. Sai de lá arrasada, mas um pouco aliviada por ter podido voltar pra casa e procurar minha GO pra marca a cirurgia pra outro dia, mas no dia 09/09 a dor se intensificou e o cisto tinha estourado, fui na minha médica e ela me disse que eu teria que ser submetida a cirurgia naquele msm dia, pois o caso tinha se agravado.

Na quarta-feira 09/09 as 21 horas entrei pra cirurgia, tomei 2 anestesias: Raqui e Geral. A cirurgia que era pra durar 1 hora, demorou 3 horas. No dia seguinte quando acordei a médica veio me contar como tinha sido e me deu a noticia mais triste que eu poderia ter recebido, eu não poderia mais ter filhos de forma natural, pois ela infelizmente tinha retirado meu ovário direito, um pedaço do meu ovário esquerdo e minhas trompas, e que era pra eu me preparar pois a luta seria grande a partir dali mas que eu venceria a batalha.

Como tenho enxaqueca minha médica decidiu não usar o remédio que seria indicado pro controle da doença então resolvemos colocar o DIU Mirena para tentar controla-la, mas infelizmente não está resolvendo, desde outubro minhas dores voltaram e nos ultimos dias se intensificaram, voltei na GO e depois de um exame foi detectado mais um cisto, mas agora no ovário esquerdo, vou ter que fazer outra cirurgia só 3 meses depois da ultima... Depois disso não sei o que acontecerá.

Só tenho pedido a Deus força pra suportar e ser forte daqui pra frente, pois a luta é grande...

Nenhum comentário:

Postar um comentário