sábado, 19 de dezembro de 2009

Desistir, jamais!

"Todos nós temos a impressão de que o tempo está passando muito rápido. As horas, os dias, as semanas , os meses e os anos correm numa velocidade impressionante. Tudo vai ficando para trás; inclusive, algumas esperanças.
Entre a percepção do tempo que passa e a consciência das nossas necessidades, nasce a experiência da frustração. Não dá mais tempo!... Passou!... Ficou para trás! É tarde demais! São expressões típicas de quem percebe que os sonhos se foram!
Quaisquer que sejam nossos desejos, eles revelam nossas necessidades. Tanto as mais urgentes, como aquelas em longo prazo. A realização dos desejos é um fator crucial para a saúde emocional. Frustração e alegria não se combinam. Por isso, lutar pelo que se quer é fundamental. Desistir, jamais! Tarde demais é um tempo que não existe!
Nunca é tarde para se lutar, pela felicidade nem tampouco é tarde para se acreditar na possibilidade de mudanças e de restauração. Tarde, é um conceito de tempo presente na mente cansada dos que, por fraqueza ou medo, entregam-se ao desânimo e fazem sociedade com a derrota. A desistência é o caminho mais fácil dos que não gostam de lutar. A vida é uma maratona permanente, que condecora aqueles que jamais abandonam as pistas, ainda que cheias de obstáculos.
Duas forças interagem em nós, revigorando nossa mente e fortalecendo nosso espírito de luta. São elas: a auto-ajuda e a ajuda do alto. Somos parceiros de Deus no esforço para a superação de nossas dificuldades. Não que Deus precise de nós para fazer algo; nós é que precisamos fazer algo, por nós mesmos, com a ajuda de Deus."

"Cada um de nós deve lutar para não se entregar ao caos, à morte, ao desespero, ao abandono. É preciso mudar da mentalidade, de vocabulário e de atitudes diante das dificuldades. Quem se sente derrotado, já o é dentro de si mesmo. Quem fala positivamente colhe os frutos de um falar vitorioso. Quem toma atitudes de perseverar e levantar a cabeça, certamente verá que, tarde demais é um tempo que não existe.
Por outro lado, apesar da auto-ajuda, não nos bastamos a nós mesmos. Somos por natureza limitados. Nossa condição humana nos impõe vários limites. Daí, não podemos prescindir da ajuda do alto. Do poder e da força que jamais acabam. De um Ser que, sendo Deus, é infinito. A auto-ajuda só é eficaz com a ajuda do alto. Nunca é tarde demais!

O tempo de Deus não se esgota; a força de Deus jamais acaba; o poder de Deus é sem limites; o amor de Deus é imensurável. Creia nessas verdades! Faça do seu coração um celeiro repleto de fé e esperança. Levante a cabeça e ajude-se! Erga os braços e solte a voz suplicando a ajuda do alto e você verá que, apesar das lutas, para quem busca a Deus, tarde demais é um tempo que não existe!

(Estevam Fernandes, Pastor da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, PB, é Psicólogo Clínico e Terapeuta Familiar, conferencista nas áreas de Família e Liderança; mestre e doutorando em Ciências Sociais. Texto extraído do Jornal Correio da Paraíba, edição de domingo 22 de maio de 2005)
Texto extraído da comunidade Endometriose sem limites.

Nenhum comentário:

Postar um comentário